Gramofone

Sintuoso, elegante e raro. Difícil encontrar um gramofone bem conservado e que ainda funcione. Em alguns sites de comercialização online ainda é possível encontrar essas riquezas.

De passagem por Montevideo, encontramos um simpático senhor em uma feira de antiguidades. Lá, fiquei encantada com o gramofone. Muito gentilmente ele me mostrou que o aparelho estava em bom estado de conservação. Entusiasta, me antecipou ao dizer “pode gravar”. Tirou as palavras da minha boca, pensei. Aquele barulhinho de vitrola é especial. Por isso, fiz o registro e compartilho com vocês. Espero que também apreciem.

História

O termo gramaphone deriva-se do nome da fábrica que produzia o aparelho, a Gramophone Company, fundada em 1887 pelo alemão Emile Berliner. A empresa foi uma das mais importantes pela comercialização de discos. Já em 1931, a companhia se associou à Columbia Phonograph. Hoje é consagrada como uma das maiores empresas fonográficas de todos os tempos, a EMI (Eletric & Music Industries).

O apelido em inglês do gramofone, grammy, deu origem para o nome do prêmio musical Grammy Awards. Inclusive, o prêmio é uma pequena réplica do tocador de discos. Vocês já tinham reparado?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s