Grupo Las Rositas se apresenta hoje em Sorocapa

 

Las Rositas desembarcam na Fundec com seu tango argentino

Notícia publicada na edição de 10/03/2011 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 001 do caderno C – o conteúdo da edição impressa na internet é atualizado diariamente após as 12h.

Por José Antônio Rosa

Olhe atentamente para a foto que ilustra esta reportagem. Deixe de lado (tente, ao menos) as divergências com os argentinos por causa da eterna rivalidade no futebol e vá, hoje às 20h, sem medo de ser feliz, à sala Fundec para assistir à apresentação do Trio Las Rositas, do qual as beldades fazem parte. A entrada para o espetáculo, que acontece dentro da programação do Sesc Sorocaba, é gratuita.

A formação que reúne as irmãs Gabriela e Cecília Palma (que tocam, respectivamente, violino e viola), além da pianista Ana Belén Disandro, não é conhecida apenas pela beleza de suas integrantes. O conjunto é um dos mais conceituados na interpretação do mais tradicional e típico dos gêneros musicais portenhos: o tango.

A diferença, no caso do trio, é que as releituras de clássicos dessa vertente ganham, conforme o material de divulgação encaminhado à imprensa, “roupagem moderna e surpreendente”. Para entender o que isso quer dizer exatamente, é bom lembrar que o tango, em seu formato original, quase sempre se vale de outros instrumentos, entre os quais o bandoneon, espécie de sanfoninha bastante comum nas apresentações de grupos daquele país.

Não é de hoje que o estilo que tem em Carlos Gardel seu destaque maior (aliás, pouca gente sabe, mas Gardel era francês e seu parceiro na aclamada “El Di en Que me Quieras”, Alfredo Le Pera, brasileiro), passa por transformações.

Recentemente, fez bastante sucesso o trabalho do “Bajofondo”, grupo que incorporou elementos eletrônicos no tema “Pá Bailar”, tocado na abertura da novela “A Favorita”.

Cecília, Gabriela e Ana desenvolvem uma proposta acústica e, ao mesmo tempo, ritmada. Assim, interpretam temas consagrados como “La Comparsita”, “Por una Cabezza”, “Caminito”, “Adios Muchachos”, e “Adios Nonino”, entre outras. O show toma por base o repertório do álbum “Estaciones”.

Os arranjos são de autoria das próprias instrumentistas que, desde sua formação, há quatro anos, colecionam prêmios: o trio foi considerado “Conjunto Revelação” do Festival de Cosquin em 2009 (principal evento a focar o folclore argentino) e vencedoras da “Segunda Selección de Conjuntos Orquestales de Tango” de Buenos Aires.

 O grupo soma, ainda, apresentações por toda a Argentina, além de participações em festivais no Chile, Uruguai e Peru. Os ingressos gratuitos para a apresentação de hoje podem ser retirados no local do evento com uma hora de antecedência, limitados a dois por pessoa. A sala Fundec fica na rua Brigadeiro Tobias, 73. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3332-9939.

 Crédito: Jornal Cruzeiro do Sul

Anúncios