Milonga Tango Candango

No próximo domingo (29) realizo no Colégio Cresça a primeira milonga de 2012. Será a segunda edição da Milonga Tango Candango e com ela retomamos as atividades em Brasília.Este baile tem o propósito de agradar ao público que aprecia os tangos tradicionais, as danças brasileiras (forró, bolero e samba) e também ao público carente de tango novo. Tem para todo mundo e espero que compartilheCDROM a ideia de inserir no circuito um conceito diferenciado. Haverá o sorteio de um lindo livro com fotos sobre a temática tango. Se for possível também vou sortear outro mimo. Mas esse conto em outra oportunidade. Espero vocês. Até lá! Abraços cerrados.

20120125-005706.jpg

Dia do Tango no DF

Neste dia, celebramos o Dia do Tango no DF. A iniciativa partiu do professor João Carlos Corrêa em memória e lembrança do amigo Giovani Fabiano.

Muitos de vocês o conheceram e outros não tiveram o privilégio de ter a graça da sua amizade. Giovanni era carioca de nascença, mas viveu muitos anos em Brasília.

Era um homem apaixonado pelo tango e incentivador de milongas na cidade. Com estilo milonguero organizava junto com Cléa de Paula o baile de tango A Media Luz, na escola de dança Marcelo Amorim.

Tive o prazer de conhecer e por vezes fui advertida por ele a parar de conversar e me entregar ao salão. Era cordial, cavalheiro, amigo e querido de todos.

Mas infelizmente a vida neste mundo não é eterna. Ele nos deixou no dia 1º de janeiro de 2009. À época, João Carlos trabalhava no Conselho de Cultura da nossa cidade. Por achar que seria uma grande contribuição para o tango e uma forma de homenagear o amigo, conseguiu que o Conselho aprovasse por unanimidade o dia 8 de junho, aniversário do Giovani, como o Dia do Tango no DF.

O secretário de Cultura chancelou a moção e foram coletadas assinaturas para transformar em Lei de Iniciativa Popular. Mas a parte do processo não prosperou.

Nos dias 8 e 9 de junho de 2009 fizemos um tango na rua. No ano seguinte também foi realizado, mas com menor adesão.

Hoje, A Milonga Bajo La Luna de iniciativa da professora Sther Lobo, que conta com o apoio de João Carlos Correa vai celebrar a data. Em prol do tango, da amizade e da cultura no DF.

Milonga Bajo La Luna
Local: Entre o Museu e Biblioteca Nacional, na Esplanada dos Ministérios.
Horário: 18 às 20h.
Organização: Sther Lobo.
Apoio: João Carlos Corrêa.
Contato: (61) 8566-1510.

Abaixo você assiste aos videos produzidos nos dias 8 e 9 de junho de 2009.

Para levantar da cadeira…

Tenho uma confissão. Sempre achei lindo milonga, mas toda vez que me chamavam para dançar eu travava por puro medo de errar. E o resultado, claro, era o erro. Por ser mais “rapidinho”, como costumo dizer, eu sempre perdia o tempo dos passos e dos adornos.

Só quando fui pela primeira vez a Buenos Aires é que esse medo acabou. Fui a uma milonga bem tradicional e o organizador, para minha surpresa, me convidou a dançar. Adivinhem o quê? Milonga. Apreensiva aceitei e disse que eu sempre ficava nervosa na hora de dançar milonga, mas que achava muito gostoso de ouvir.

O organizador, que é professor de tango e se chama Oscar disse: ” Não se preocupe. Deixe o corpo pulsar. Logo você se entregará a milonga e vai dançar sorrindo, sem tensão. Por pura diversão”.

Então, expresso aqui o meu sincero obrigado. Foi ótimo dançar com ele a antes “temida” milonga e tantas outras tandas. A partir dali o medo acabou e o sorriso largo me toma.

Exemplo bem fiel do prazer de dançar uma milonga é expressa nesse vídeo. Assistam. Além da afinidade e entrozamento, vejam como eles se divertem!

O organizador se chamar Oscar é pura coinscidência. Risos!

Milonga Bajo La Luna

Um salve para os apreciadores de tango em Brasília. Com a adesão, a Milonga Bajo La Luna agora vira evento contínuo. Todas as quartas, das 18h às 20h. Entre o Museu Nacional e a Biblioteca Nacional. A proposta é da professora Sther Lobo, com a colaboração de João Carlos Corrêa. Popularizar o tango, proporcionar cultura e acesso ao ritmo rioplatense.

 O evento é gratuito. Separe os sapatos velhinhos e leve água para se refrescar.

Informações: Sther Lobo (61)78167-0441.

Apoio: blog tango candango

   Te esperamos. Abraços!