Milonguita realiza processo seletivo de cavalheiros

Já somos a maioria. Pelo menos nos salões de dança é perceptível o número maior de mulheres do que de homens. Se eu revelasse o número real dos frequentadores das milongas em Brasília aposto que muitas mulheres murchariam nas suas cadeiras ao ler este artigo.

 Coloquem brilho no olhar e esperança meninas. Tenha uma notícia que vai deixar nossas queridas frequentadoras felizes. A milonguita, organizada em Brasília, no restaurante Ayala Café contará com equipe de cavalheiros própria. A seleção será feita pelo dono do estabelecimento Julio Ayala com o apoio de Rodrigo Mendes e Cléa de Paula. A expectativa é contratar homens para dançar durante a aula – que antecede a milonguita – e ao longo de todo o baile.

Verdade seja dita. As mulheres, na maioria dos casos, são mais desinibidas e buscam com maior frequência fazer aulas para se aperfeiçoarem. De fato, a gente investe mesmo porque gostamos de dançar e a nossa paixão declarada é o tango. Mas ainda não encontramos um número adequados de colegas do sexo oposto para nos acompanhar nesta prática tão prazerosa. Por causa disso que a decisão foi tomada.

Para participar da seleção o candidato deve preencher os critérios abaixo:

* Saber dançar tango.

*  Ter boa educação.

* Boa higiene.

* Ser discreto.

O cavalheiro receberá a quantia de R$100, com direito a jantar e bebida não alcóolica. Será fornecido água durante todo o período de trabalho. Os interessados devem entrar em contato até a próxima quinta-feira (5) pelos e-mails rodrigomgeo@yahoo.com.br ou julio@julioayala.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s